Almoço Pedras Vivas

No domingo passado realizámos mais um almoço na igreja, neste caso promovido pela Liga Pedras Vivas. Cerca de 190 pessoas inscreveram-se no almoço, que teve como ementa o cozido à portuguesa. Para surpresa dos participantes ainda pudemos oferecer castanhas da época, de produção nacional e certificada por uma nossa paroquiana (!), assim como água-pé produzida nas encostas soalheiras dos Matos às portas do Arnal! A Liga tem vindo a refundar-se e continua a ser um excelente instrumento que promove o bem da paróquia. Retomando um velho gesto, prestou-se homenagem de gratidão a três distintos e persistentes paroquianos: o casal Valentim e Teresa, e a Laurinda – são eles que animam a barraquita de legumes e hortaliças semanalmente há imensos anos! Antes do almoço ainda escutámos o Sousa, entusiasmado e motivador; e ouvimos o hino da Liga, composto pelo Agostinho a partir de um texto do António Jacinto, e interpretado por parte do coro da igreja. Mais um belíssimo almoço! Em breve apresentamos contas.