Contas #57

O Conselho para os Assuntos Económicos da Paróquia já encerrou as contas da festa de passagem de ano. As pessoas interessadas podem consultar o relatório que será publicado em https://paroquia-pousos.pt/noticias/contas/ como habitualmente fazemos. Em síntese pode informa-se que a igreja paroquial teve um benefício de € 4.280,03, resultado das ofertas de 285 inscrição; alguns alimentos sobrados valeram cerca de € 400,00; a receita total foi de € 11.431,00. A apreciação dos participantes tem sido muito muito positiva: a alimentação estava extraordinária; apreciou-se o serviço de mesa e reposição dos alimentos, que foi muito discreto e eficaz; e decoração era excelente e muito bela nos pormenores; a sala estava com um pouco mais de trezentas pessoas mas os participantes não sentiram nisso qualquer desconforto; o fogo-de-artifício foi muito intenso e prolongado (e oferecido por diversas pessoas amigas). Até pessoas que não participaram têm manifestado a sua boa apreciação, o que indicia que lhes chegaram bons comentários. Parabéns à comunidade; parabéns ao Conselho para os Assuntos Económicos, aos seus familiares mais chegados e a muitas outras pessoas da paróquia, porque conseguiram preparar e concretizar este desafiante programa.

Os peditórios de missa realizados na igreja paroquial nos dias 20, 23, 24 (manhã e noite) e 25 de dezembro foram no valor total de € 546,32; os peditórios das missas nos dias 27, 30 e 31 foram no valor de € 185,00; o peditório em 1 de janeiro deste novo ano foi no valor de € 157,82.

Recebemos mais 18 ofertas para a Pensão Paroquial no valor total de € 840,00; entre 1 de novembro e 31 de dezembro o total de ofertas foi 130, e o valor € 5.315,00.

A Anália fez-nos chegar as esmolas recolhidas no Oratório da Sagrada Família da Ramalharia no valor de € 60,00; a oferta destina-se a amortizar as nossas dívidas; no dia 3 de janeiro celebrou-se a Eucaristia pelas intenções das pessoas. Do coro da Sagrada Família na zona norte dos Pousos (Antiga Praça de Touros, Barão Viamonte e Olivalzinho) depositou-se na conta da igreja € 1.000,00; em 2017 este coro fez-nos chegar cerca de € 1.600,00.

A Associação de Spina Bífida e Hidrocefalia de Portugal veio agradecer-nos a cedência que fizemos do no nosso salão paroquial para realização da sua festa de natal. Além de uma bela carta e ofertas institucionais, deixou-nos também uma caixinha de chocolates que muito será apreciada pelas crianças que visitam o nosso cartório.

A igreja paroquial tem sido visitada por alguém com intenção estranha: levar o que é da comunidade para uso que desconhecemos. Neste momento queixamo-nos de várias intrusões com danos que temos informado na igreja. Na quinta-feira o Conselho para os Assuntos Económicos decidiu que a igreja irá estar habitualmente encerrada, exceto para celebrações e outros trabalhos. E vai orçamentar-se o custo de algumas alterações nos acessos por forma a aumentar a segurança dos nossos bens. Independentemente de tudo, é importante que nos mantenhamos serenos e intensifiquemos a atenção aos pertences de cada um (automóveis, carteiras e malas, óculos, etc.).

O Núcleo Regional da Liga Portuguesa Contra o Cancro (sediado em Coimbra) escreveu-nos a agradecer a colaboração da comunidade paroquial no peditório realizado nos dias 1 a 5 de novembro passado. Não nos foi informado o valor angariado nas caixas que nos foram distribuídas.